Skip to Content

Argila no cabelo: benefícios e como usar (com receitas)

Argila no cabelo: benefícios e como usar (com receitas)

Tal como no rosto, a argila pode ser usada no cabelo para resolver várias preocupações. Quem a usa, diz que fica com os fios mais hidratados, brilhantes e fortes. Mas será verdade? Neste artigo vou explicar-te todos os seus benefícios, como usar e quais as melhores receitas de máscaras capilares para fazeres em casa.

Usar argila no cabelo vai servir para limpar em profundidade o couro cabeludo, removendo toxinas e células mortas. Combinando isto com a sua ação hidratante, vai fazer com que os fios cresçam mais grossos e saudáveis, prevenindo a queda de cabelo e problemas como a caspa ou a oleosidade em excesso.

Continua a ler para saberes detalhadamente todos os benefícios da argila, como usá-la da maneira certa e quais as melhores cores para os problemas que queres ver resolvidos.

Mais à frente, vais encontrar também as melhores sugestões de óleos vegetais para potenciar os efeitos da tua máscara capilar, bem como as respostas às perguntas mais comuns na hora de usar argila.

Quais são os benefícios da argila para o cabelo?

As máscaras de argila para o cabelo tem sido usadas por várias pessoas com bons resultados. Desde a caspa até aos fios quebradiços, este ingrediente natural usado há séculos vai ajudar a devolver ao teu cabelo a vitalidade perdida, entre muitos outros benefícios.

1. Limpa em profundidade, elimina a caspa e hidrata

A principal vantagem de fazer uma máscara de argila para o cabelo é a sua capacidade de limpar em profundidade o couro cabeludo sem o ressecar, removendo oleosidade em excesso, toxinas, células mortas e todo o tipo de impurezas.

De facto, graças a isto e às suas propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e calmantes, a argila vai ser bastante útil para aliviar irritações no couro cabeludo, coceiras, vermelhidão, descamação ou problemas como a caspa.

Para além disso, vai desintoxicar, nutrir e hidratar a pele desta região, resultando em menos queda e num cabelo mais forte, saudável e brilhante.

2. Previne a queda de cabelo

Para além de nutrir a pele do couro cabeludo em profundidade, a limpeza proporcionada pela argila vai também manter os folículos limpos. Isto vai devolver vitalidade ao cabelo, prevenindo a queda e fazendo com que os fios cresçam mais grossos e fortes.

Por essa mesma razão é que se recomenda o uso de argila para cabelos secos, danificados ou que abusaram de produtos químicos, pela sua poderosa ação desintoxicante e hidratante.

3. Ajuda o cabelo a crescer mais forte e saudável

Independentemente da cor que escolhas, a argila vai proporcionar à tua pele uma suave ação esfoliante, melhorando dessa forma a circulação sanguínea. De facto, é por isso que é usada regularmente para, por exemplo, rejuvenescer a pele do rosto, atenuar estrias ou até reduzir a celulite.

Pela mesma razão, quando aplicada no couro cabeludo vai estimular o crescimento de novos fios, fazendo dessa forma com que o teu cabelo cresça mais rápido e saudável.

Será que funciona mesmo? Os testes de eficácia da Terramater comprovaram que, de facto, as suas argilas ajudam significativamente no fechamento de cutículas e na renovação capilar. Após o seu uso, o cabelo dos voluntários que se submeteram aos testes ficou mais suave e menos quebradiço.

4. Equilibra o pH do couro cabeludo

Usar e abusar de tratamentos e produtos químicos pode afetar o pH do cabelo, fazendo com que os seus fios fiquem secos, danificados e sem brilho. Por isso mesmo é que o uso de argila é recomendado para cabelos loiros que tenham passado por um processo de descoloração e coloração.

Caso este seja o teu caso, podes usar argila no cabelo para ajudar a equilibrar o pH do couro cabeludo, tratando dessa forma os fios porosos, finos e danificados.

Para reforçar ainda mais esta sua ação, podes preparar a tua máscara de argila capilar com vinagre de maçã. Este vai ajudar também a equilibrar a acidez do cabelo e a selar as cutículas, fazendo com que fique mais macio e brilhante.

5. Controla o frizz e define os cachos

O uso de argila pode ajudar a controlar o frizz, sendo dessa forma bastante útil para cabelos crespos e cacheados.

Se este for um problema que queiras ver resolvido, recomendo-te mais uma vez que mistures argila com vinagre de maçã. Este ingrediente vai, como vimos, equilibrar o pH do cabelo e selar as cutículas, ajudando dessa forma a reduzir o frizz.

Por outro lado, ao limpar, nutrir e hidratar em profundidade, a argila vai fazer com que o teu cabelo fique mais saudável, ajudando dessa forma a teres os cachos mais definidos.

Benefícios da argila para o cabelo

Qual a melhor argila para o meu cabelo?

É verdade que as diferentes cores de argila tem benefícios muito semelhantes para o cabelo: todas elas vão ajudar a limpar em profundidade, remover a oleosidade em excesso e combater problemas como a caspa ou a queda de cabelo.

No entanto, existem algumas diferenças na composição de cada uma, tornando-as mais (ou menos) recomendadas para um tipo de cabelo ou preocupação que queiras ver resolvida.

Dessa forma, deixo-te de seguida as melhores argilas consoante as necessidades do teu cabelo.

1. Argila verde: para cabelos oleosos e com caspa

Pela sua poderosa ação absorvente e adstringente, a argila verde é ideal para cabelos oleosos e com caspa, devendo ser evitada por quem tem o cabelo seco.

Para além de ajudar a controlar a produção de oleosidade, vai remover toxinas, impurezas e resíduos de produtos químicos, deixando uma agradável sensação refrescante.

Por outro lado, a sua ação anti-inflamatória vai acalmar a pele do couro cabeludo, reduzindo a vermelhidão e aliviando irritações e coceiras.

2. Argila branca: para cabelos secos e quebradiços

Ao ser considerada a mais suave, a argila branca é adequada para todos os tipos de cabelo. No entanto, é especialmente recomendada para quem tenha os fios secos e quebradiços, já que tem uma maior ação hidratante que as restantes.

Tendo em conta isso mesmo, é a única argila que pode ser aplicada no comprimento dos fios, de forma a fortalecê-los e reforçar a sua hidratação. De facto, estas suas propriedades vão fazer dela uma das melhores para cabelos loiros que tenham passado por um processo de descoloração e coloração.

Por outro lado, as propriedades hidratantes da argila branca vão torná-la ideal para cabelos crespos e cacheados, especialmente quando combinada com vinagre de maçã.

Para além disso, pode ser usada também para remover a oleosidade em excesso, eliminar a caspa e prevenir a queda de cabelo.

3. Argila preta: para prevenir a queda de cabelo

Quando sentires o cabelo sem vitalidade, quebradiço ou danificado por teres abusado de produtos químicos, está na hora de fazeres uma máscara detox de argila preta.

De facto, esta vai proporcionar ao couro cabeludo um verdadeiro efeito desintoxicante, removendo toxinas e melhorando a circulação sanguínea desta região. Por seu lado, isto vai resultar em menos queda de cabelo e num crescimento de fios mais grossos e saudáveis.

Para resolver as mesmas preocupações, podes usar também a argila amarela ou a cinza. Estas também ajudam a desintoxicar a pele do couro cabeludo ao mesmo tempo que hidratam e previnem a queda.

4. Argila rosa: para o couro cabeludo sensível

Ao ser uma mistura da branca e da vermelha, a argila rosa concilia em si os benefícios de ambas. Esta tem propriedades anti-inflamatórias e calmantes, sendo ideal usá-la caso sintas o couro cabeludo sensível ou irritado, aliviando a coceira e revigorando a pele desta região.

Ao mesmo tempo, vai proporcionar uma profunda ação hidratante, devendo ser usada sobretudo por quem tem o cabelo seco ou danificado. Para o mesmo efeito, podes usar a argila vermelha sozinha, já que vai trazer praticamente os mesmos benefícios.

DICA: Ao adquirir argila, certifica-te que é natural e de boa qualidade. Para tal, verifica se está corretamente embalada, se tem indicação da sua composição e se apresenta uma data de validade. Para saberes mais sobre como escolher uma argila pura, podes ler o artigo que escrevi aqui.

Posso adicionar óleos à minha máscara capilar de argila?

Para potenciar a ação da tua máscara de argila, podes adicionar algumas gotas de um óleo na hora de a preparar. De todos eles, recomendo que utilizes o óleo de coco, rícino (mamona) ou de amêndoas doces.

Confere de seguida alguns dos seus benefícios para o teu cabelo:

  • Óleo de coco: graças às suas propriedades antifúngicas e antibacterianas, vai melhorar a saúde do cabelo no geral, ajudando a resolver problemas como a oleosidade em excesso e a caspa. Ao mesmo tempo, fortalece os fios hidratando-os, prevenindo a queda, as pontas espigadas e o frizz
  • Óleo de rícino: se o que queres é estimular o crescimento do teu cabelo, este é o melhor para misturares na tua máscara de argila. Para além disso, vai hidratar, regular a oleosidade, eliminar a caspa e combater as pontas duplas
  • Óleo de amêndoas doces: ideal para cabelos crespos e cacheados, a sua poderosa ação hidratante vai ajudar a recuperar os fios ressecados, prevenir as pontas espigadas e reduzir o frizz
Óleos para misturar na máscara capilar de argila

Como usar argila no cabelo: tutorial passo a passo

Usar argila no cabelo é bastante simples, no entanto, é preciso ter alguns cuidados antes, durante e após a aplicação de forma a obteres os melhores resultados.

Antes de começarmos com o nosso tutorial, fica já a saber que é recomendado aplicar apenas no couro cabeludo, de forma a não ressecar os fios.

De facto, um cabelo saudável começa precisamente nessa região, sendo que a argila vai atuar da raiz às pontas para devolver maior vitalidade aos fios.

Dito isto, para fazeres uma máscara capilar, basta seguires este simples passo a passo:

  1. Prepara a máscara. Antes de tudo, prepara a tua máscara misturando num recipiente de plástico ou cerâmica 4 colheres de sopa de argila em pó para 4-5 de água mineral (evita utensílios em metal). Mexe bem até obteres uma pasta lisa e ligeiramente líquida que facilite a aplicação
  2. Adiciona um óleo à tua escolha (opcional). Para potenciar alguns dos efeitos da argila, adiciona à mistura uma colher de chá de um óleo à tua escolha. As nossas recomendações são o de rícino, coco e amêndoas doces
  3. Humedece o cabelo. Afinal, devo aplicar argila no cabelo sujo ou limpo? O nosso conselho é que o laves somente após retirar a argila, bastando humedecer previamente para facilitar a sua aplicação
  4. Aplica a argila. Com o cabelo molhado, aplica a máscara no couro cabeludo. Para o fazer, separa mecha a mecha como se o fosses pintar e vai passando a argila com a ajuda de um pincel. Tem o cuidado de evitar sempre o comprimento dos fios
  5. Deixa atuar entre 15 a 20 minutos. Chegou a hora de relaxar e deixar a argila fazer o seu trabalho. A nossa recomendação é que não ultrapasses o tempo recomendado já que pode ressecar a pele do couro cabeludo, causar irritação e até aumentar a oleosidade
  6. Retira com água morna. Terminado o tempo, passa o cabelo por água morna, deixa a máscara de argila amolecer e retira massajando suavemente o couro cabeludo. Por último, finaliza lavando o cabelo com um champô adequado

Quantas vezes posso fazer uma máscara de argila no cabelo? Para obteres os melhores resultados e usar de maneira segura, uma máscara capilar a cada 15 dias é suficiente.

Receitas de máscaras de argila para o cabelo

Agora que já sabemos os benefícios da argila para o cabelo e como usá-la corretamente, chegou a hora de conferir as melhores receitas para as preocupações que queiras ver resolvidas.

Assim, seja para fazer um detox capilar caseiro, eliminar a caspa, hidratar ou estimular o crescimento do cabelo, as 3 máscaras de argila que te deixo de seguida servem para dar resposta a estas necessidades e muito mais.

Na sua preparação deixarei também a sugestão de alguns ingredientes extra, como é o caso do soro fisiológico e de alguns óleos vegetais. Estes são capazes de potenciar ainda mais os benefícios da tua máscara capilar caseira. No entanto, a sua utilização é totalmente opcional e fica ao gosto de cada um.

Vamos então conferir as melhores receitas.

1. Máscara capilar detox de argila verde

Se mesmo depois de lavar o cabelo com champô sentes que continua sujo, pesado e oleoso, está na hora de fazeres esta máscara detox de argila. Para a preparar, vais precisar de argila verde, água mineral ou soro fisiológico, caso queiras uma limpeza ainda mais profunda.

Esta vai servir para limpar e desintoxicar a pele do couro cabeludo, removendo toxinas, oleosidade e caspa. Para resolver os mesmos problemas, podes usar também vinagre de maçã em vez de água para preparar a máscara.

Opcionalmente, podes adicionar à mistura algumas gotas de óleo de coco. Este, como vimos, vai reforçar a ação da argila na hora de remover a oleosidade e a caspa, ao mesmo tempo que hidrata e alivia a irritação do couro cabeludo.

Ingredientes:

  • 4 colheres de sopa de argila verde em pó
  • 4-5 colheres de sopa de água mineral ou soro fisiológico
  • 1 colher de chá de óleo de coco (opcional)
Argila verde para o cabelo

2. Máscara capilar hidratante de argila branca

Se sentes o cabelo seco, danificado e quebradiço, estão esta é a melhor receita para ti. Para a fazer, vamos precisar apenas de argila branca e água mineral.

Opcionalmente, podes acrescentar a esta máscara capilar algumas gotas de óleo de amêndoas doces, de forma a reforçar a sua ação hidratante.

Tendo em conta as propriedades hidratantes da argila e do óleo de amêndoas doces, esta máscara pode ser usada também por cabelos crespos e cacheados, bem como pelos loiros que tenham passado por um processo de descoloração e coloração.

Ingredientes:

  • 4 colheres de sopa de argila branca em pó
  • 4-5 colheres de sopa de água mineral
  • 1 colher de chá de óleo de amêndoas doces

3. Máscara de argila branca para crescimento capilar

Queres uma máscara que limpe em profundidade mas que também estimule o crescimento do teu cabelo? Então basta adicionar à tua máscara de argila branca algumas gotas de óleo de rícino.

De facto, esta combinação vai ajudar a regular a oleosidade do cabelo, eliminar a caspa e estimular o crescimento de fios mais fortes e saudáveis.

Dessa forma, vai ser também ideal para cabelos secos e quebradiços, prevenindo a queda e as pontas espigadas.

Ingredientes:

  • 4 colheres de sopa de argila branca em pó
  • 4-5 colheres de sopa de água mineral
  • 1 colher de chá de óleo de rícino

Perguntas relacionadas

Posso usar argila para alisar o cabelo? Existem alguns relatos de pessoas que afirmam que usar argila branca nos fios vai ajudar a alisar o cabelo. No entanto, para além destes testemunhos, não existe qualquer evidência de que as propriedades da argila contribuem, de facto, para o seu alisamento.

Argila tira progressiva? Pela sua ação desintoxicante e a limpeza profunda que proporciona, é possível que a argila diminua o alisamento da progressiva. No entanto, a sua ação não vai ser suficiente para remover completamente a química dos fios resultante deste tratamento.

Devo passar argila antes ou depois do champô? A argila pode ser usada antes ou depois do champô, ou seja, tanto no cabelo sujo como limpo. A nossa recomendação é que faças a máscara capilar, removas com água morna e finalizes lavando o cabelo com champô, de forma a retirar qualquer resíduo que possa ter ficado.

Argila clareia o cabelo? Ao contrário do que acontece na pele do rosto, a argila não tem um efeito clareador quando usada no cabelo. No entanto, limpa, nutre e hidrata em profundidade o couro cabeludo, devolvendo dessa forma maior vitalidade e brilho aos fios.

Argila engrossa o cabelo? As máscaras de argila são bastante benéficas para quem tem o cabelo fino, danificado e quebradiço. Estas vão estimular a circulação sanguínea do couro cabeludo, equilibrar o seu pH e melhorar a saúde capilar no geral, promovendo dessa forma o crescimento de fios mais grossos e saudáveis.

Posso misturar dois tipos de argila para aplicar no cabelo? Tal como acontece no rosto, é possível misturar duas argilas diferentes para combinar os seus benefícios na mesma máscara. No entanto, é importante combinar cores que tenham propriedades semelhantes, como a preta com a verde ou a branca com a preta.

Vê também